Procurar
Close this search box.
Nikolas Ferreira volta a dar declarações
Nikolas Ferreira volta a dar declarações

Após ser acusado de transfobia, Nikolas Ferreira ataca ativismo LGBT: ‘O mais persecutório que existe’

Parlamentar critica ativismo LGBT após polêmicas

Na noite de quinta-feira (10), o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) divulgou um vídeo em suas redes sociais no qual afirmou que o ativismo LGBT é o mais persecutório. Essa declaração foi dada em meio a acusações de transfobia e pedidos de cassação contra o parlamentar, após ele ter feito um discurso no plenário da Câmara dos Deputados na última quarta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, no qual vestiu uma peruca e alegou ser uma mulher transsexual, dizendo que, por isso, teria “lugar de fala”.

“O ativismo LGBT é o ativismo mais persecutório que existe. Ou você concorda, ou você deve ir para a cadeia”, declarou Nikolas Ferreira. No vídeo publicado nas redes sociais, o parlamentar reiterou comentários semelhantes aos que fez em seu discurso na Câmara dos Deputados, ao afirmar que atletas mulheres trans obtêm vantagens injustas ao competir em seus esportes.

“Se eu não me coloco nessa guerra para poder atacar e dizer o que eu penso, eles vão ir nos silenciando”, continuou o deputado. Nikolas também disse que está ocorrendo uma “indignação seletiva”, e que “você pode discutir o uso da peruca, mas isso passa longe de ser um ato antidemocrático”.

Em resposta aos pedidos de cassação protocolados por deputados federais do PSOL, PDT e PSB, Nikolas Ferreira declarou que não irá recuar de suas posições. “Isso beira a infantilidade. O artigo 53 me dá total liberdade para palavras, votos e opiniões ali na tribuna”, revela. “O que eles estão querendo fazer é uma retaliação para tentar me parar e colocar panos quentes no posicionamento conservador”, admitiu o parlamentar. Nikolas ainda disse que “vai precisar de muito mais pressão e de muito mais retaliação para me balançar”.

Mais lidas

plugins premium WordPress