Procurar
Close this search box.

Anitta recusa comparações com Luísa Sonza: ‘Nível mais baixo’

[ad_1]

Recentemente, as carreiras de Anitta e Luísa Sonza vem sendo bastante comparadas, desde que a loira lançou seu mais novo álbum, ‘Escândalo Íntimo’. Chegando com um trabalho mais conceitual, Sonza conquistou uma boa repercussão internacional – e vale lembrar que Anitta já está há um bom tempo lutando pela sua carreira no exterior. Desse modo, os fãs questionaram se a funkeira pretende lançar um álbum com mais conceito em breve.

Se inscreva no CANAL DO FEED TV NO YOUTUBE e fique por dentro das principais notícias dos famosos e reality shows

Publicidade

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, a carioca fez questão de rejeitar as comparações e explicar que ambas vieram de lugares diferentes e tem carreiras diferentes: “Meu álbum é de funk [Funk Generation: A Favela Love Story], os três clipes tiveram um conceito bem amarradinho. Mas eu faço uma coisa um pouco diferente da dela”, começou Anitta.

Em seguida, completou: “Comparar é muito complicado. Para comparar pessoas, artistas, atletas… teriam que colocar essas pessoas para nascer no mesmo lugar, no mesmo ambiente, na mesma aparência física… no mesmo tudo”, disse. “Não acho nem legal quando comparam sertanejo com sertanejo. Se você está no seu trabalho se comparando… tudo implica no seu aprendizado, no seu conhecimento. Cada pessoa tem um desafio pessoal”.

Anitta ainda chamou atenção internautas para o fato de estar focando em um público internacional: “Vocês têm que lembrar que meu álbum é para mais regiões, são outros idiomas. Se fosse só para o Brasil, conseguiria fazer coisas diferentes e brincar de explorar para o meu próprio país. Fazendo para as pessoas que estão começando a me conhecer agora, no início de carreira, não pode ser tão conceitual, tem que ser mais popular, e agradar a diversos territórios. São lugares diferentes, momentos diferentes de carreira e carreiras diferentes”.

Pra finalizar, a artista reforçou não ser adepta às comparações:  “Para mim, a comparação é o nível mais baixo de frequência que uma pessoa pode estar. A internet tem feito muito isso com a gente, e é muito perigoso. Quando você compara sua vida à do outro, você está olhando só o superficial, o que ela permite que você veja”.

*com colaboração de Savanna Machado

[ad_2]

Source link

Mais lidas

plugins premium WordPress