Procurar
Close this search box.
Enidê MC estará em competições de freestyle (Reprodução/ Instagram)
Enidê MC estará em competições de freestyle (Reprodução/ Instagram)

NOVOS VÔOS

Enidê MC representará o Brasil em competição de freestyle na Bolívia e Chile

Rapper arrecada doações para batalha de freestyle na Bolívia e Chile

O Enidê MC está prestes a fazer história. O rapper nascido em Guaratinguetá, interior de São Paulo, será o primeiro representante brasileiro nas batalhas “Combatematica”, realizadas na Bolívia e na “Batalla de Maestros”, que ocorre no Chile. As competições consagradas, reúnem Mc ́s de diversos países da América Latina e de outras regiões que falam espanhol.

A participação de Enidê MC veio através de um convite. Vale detacar que o rapper já possui uma longa experiência em batalhas de rimas em português como: Rinha dos MC’s, Batalha da Roosevelt, Batalha do Santa Cruz, Batalha do Conhecimento, Batalha dos Trilhos, Duelo de Mc’s, Batalha da Estação, Batalha da Alfândega, entre outras pelo Brasil a fora.

Em 2019, o MC participou de sua primeira batalha de improviso em outro idioma (espanhol), indo para o Uruguai vivenciar as batalhas de praça em Montevidéu.

Não é a primeira vez que Enidê vive esta experiência no exterior. Nos anos de 2014, 2016 e 2019, o artista esteve no Chile e na Argentina. Foi neste último país, que o rapaz conseguiu o convite para participar do programa DAMN Hip Hop, um dos maiores programas de Hip Hop em espanhol. Na ocasião, o rapper foi o primeiro brasileiro a participar do programa e marcar presença com um freestyle em espanhol.

A sua ida resultará em um mini documentário falando da importância dessa participação e da quebra de barreiras impostas pelo idioma. Enidê MC vê o momento como mais um degrau importante nessa saga da batalha de improviso em outro idioma, que hoje é considerada um esporte mental.

“Me sinto privilegiado por estar nessa estrada com a enxada nas mãos, abrindo caminhos para que outros também possam se preparar, para ajudar a pavimentá-la. O objetivo é derrubar essa barreira mental [idioma] com nível e qualidade, para colocar o nosso país nesse circuito gigante que já acontece há anos, sem deixar de perder a nossa ginga brasileira. No modo de se expressar.”, comenta Enidê, que também é compositor, improvisador, jornalista e arte-educador.

As batalhas serão parte de um documentário

O material coletado nessas viagens abrangerá a sua participação nas competições, gravação de videoclipe, conexões com outros Mc’s e acompanhamento nas mídias tradicionais e segmentadas, dentro e fora do país sede. O espetáculo acontecerá em Janeiro na Bolívia e em fevereiro no Chile.

Enidê MC faz votos de que os brasileiros alcancem ainda mais destaque nas competições internacionais: “Eu espero que o público do Brasil e de todo panorama hispano entenda que os idiomas são bem próximos e é possível fazer uma conexão real do Brasil com os outros países vizinhos”.

Por fim, vale ressaltar que foram essas batalhas de freestyle, que revelaram e impulsionaram novos gigantes da cena como: Trueno, Duki, Tiago PZK, Akapellah, DrefQuila, Lit Killah, Wos e outros mais.

Para custear o projeto do documentário, o MC está com uma vaquinha online para arrecadar fundos. Disponível no site Vakinha a meta é conseguir R$ 8.000, já conseguiu um pouco mais de 5 mil reais.

Mais lidas

plugins premium WordPress