Taylor Swift no Brasil (Foto: Reprodução)
Taylor Swift no Brasil (Foto: Reprodução)

Relembre!

As polêmicas de Taylor Swift na passagem da ‘Eras Tour’ pelo Brasil

Passagem da cantora pelo país gerou momentos de sucesso e tragédia

A passagem de Taylor Swift pelo Brasil com sua tão aguardada turnê “The Eras Tour” foi um evento que agitou não apenas os milhões de fãs fervorosos da cantora, mas também gerou uma onda de discussões e emoções intensas.

SIGA O FEED NO INSTAGRAM

Em meio à energia contagiante dos espetáculos, a presença marcante da artista e sua conexão com o público brasileiro, a passagem de Swift pelo país não escapou de controvérsias que ecoaram de forma impactante.

Entre momentos de euforia e música, infelizmente, algumas polêmicas trágicas também tiveram destaque, deixando uma marca complexa e multifacetada nesse capítulo da história da cantora em terras brasileiras.

Homenagem no Cristo Redentor

Ao desembarcar no Rio de Janeiro em 16 de novembro, Taylor Swift foi emocionantemente homenageada pelos fãs no Cristo Redentor. A artista foi surpreendida com uma projeção única no Cristo Redentor, onde usava a icônica camiseta “Junior Jewels” do clipe “You Belong With Me”. A frase “Welcome to Brasil”, substituindo o texto original, e a assinatura de todos os estados brasileiros tornaram essa demonstração de carinho dos fãs um dos momentos mais memoráveis de sua visita ao país.

Para realizar esse feito, os “swifties” se uniram, respondendo ao desafio do Padre Omar, do Cristo Redentor, arrecadando mais de 20 mil kits de panetone e água mineral para ajudar pessoas vulneráveis.

Crise climática e onda de calor

Na sua segunda visita ao Brasil, a cantora liderou um show aberto em 17 de novembro, enfrentando com os “swifties” uma onda de calor abrasadora no Engenhão. Com a sensação térmica atingindo 60 graus, mais de mil fãs enfrentaram desconfortos durante as mais de três horas de apresentação e chegaram a passar mal.

Morte de fãs

No primeiro show de Taylor Swift no Rio de Janeiro, infelizmente, a fã Ana Clara Benevides, de 23 anos, faleceu durante a apresentação. O laudo preliminar indicou uma hemorragia pulmonar como causa do óbito. O assunto virou tema de discussão nas redes sociais, com grande cobrança pela manifestação a cantora e da produtora da turnê.

Além disso, outro swiftie também perdeu a vida ao viajar para assistir o show da cantora. Entretanto, a tragédia não aconteceu durante o show. Gabriel Mongenot foi vítima de latrocínio, na Praia de Copacabana, onde foi morto a facadas.

Adiamento de show

No segundo show planejado para o Rio de Janeiro, agendado para 18 de novembro, os fãs esperaram horas na fila, porém a equipe de Taylor Swift anunciou o adiamento da apresentação para 20 de novembro devido às condições climáticas. A demora para que a informação fosse comunicada, fazendo com que os fãs enfrentassem o calor a toa, também repercutiu.

Recorde de público do Allianz Parque

Nos três dias de espetáculo no estádio Allianz Parque, localizado na Zona Oeste de São Paulo, a artista Taylor Swift conquistou um novo recorde de audiência. De acordo com a assessoria do local, um total de 150 mil espectadores marcaram presença durante as três apresentações, somando 50 mil pessoas em cada uma delas.

plugins premium WordPress
Confira uma lista de k-dramas BL (Boy’s Love) C-Dramas: Conheça uma lista de ‘doramas chineses’ Conheça os k-dramas que chegam a Netflix em novembro de 2023 Conheça os k-dramas que chegam a Netflix em dezembro de 2023