Procurar
Close this search box.
Paolla Oliveira assume beleza natural (Foto: Reprodução)
Paolla Oliveira assume beleza natural (Foto: Reprodução)

Falou mesmo!

Paolla Oliveira fala sobre abolir filtros e assumir beleza natural: ‘Fui provocada’

Atriz abre o jogo e faz reflexão sobre aceitação

Iniciando o ano de 2024, Paolla Oliveira se reinventou como uma mulher renovada. Após encerrar seu contrato com a Globo no início de dezembro, adotou uma postura de indiferença em relação às críticas dos internautas sobre seu corpo, que não são escassas. A atriz encontrou serenidade em sua beleza natural e passou a advogar pela eliminação dos filtros nas redes sociais, destacando a importância desse movimento.

Em entrevista ao Fantástico, no último dia 14, Paolla declarou: “Eu não acordei um dia e falei assim: ‘Ah, minha pauta da vida vai ser corpo’, do nada. Eu fui provocada, estou sendo provocada há anos”.

“E eu imagino que várias mulheres que estão assistindo agora vão sentir também essa provocação. É o tempo inteiro, só que a gente se cala. Eu estar mais confortável me faz ter mais vontade de falar, de querer subverter os lugares que eu mesma já ocupei”, continuou.

Entretanto, nem sempre a famosa lidou bem com as críticas, já tendo sofrido muito com os comentários. “Eu tenho revistinha de dieta da Lua desde os 17 anos. Então não tem como você não caminhar por isso. [A cobrança] Já me maltratou muito! Eu não queria ver, tinha taquicardia, eu suava de nervoso de ver uma foto horrível, de ver um braço coisado que não era o que tinha de ser. É uma coisa horrorosa”.

Em seguida, ela relatou uma situação que enfrentou recentemente: “Eu fiz uma foto esses dias e, quando eu fui aprovar a foto, ela trouxe o meu braço pela metade. Aí eu falei: ‘Ué, tá errado isso aqui! Devolve o meu braço, devolve meus contornos no rosto'”.

Paolla continuou ilustrando o que passava: “Você imagina eu me arrumar, me achar linda, fazer uma roupa maravilhosa e ir pro ensaio [da escola de samba]. Chega no ensaio, você é gongada, você é massacrada, criticada, você não quer voltar. [Mas] Eu não tava me sentindo daquele jeito. Eu tava me sentindo bem, feliz, então eu comecei a ver a onda. A onda de mulheres admirando, e eu comecei a ver as críticas de um lugar um pouco mais afastado”.

“Eu respondo, eu argumento, faço vídeos. E, mesmo assim, eu me sinto corajosa de estar fazendo isso. É por isso que eu tô falando, do alto do meu privilégio. Uma mulher branca, padrão, bem-sucedida. Eu tô falando, eles não me deixam em paz,” prosseguiu.

A repórter Ana Carolina Raimundi ainda quis saber de quem vem a maior parte das críticas: homens ou mulheres? Paolla foi sincera: “Agora virou uma salada (risos). Eu vou falar que, por agora, tiveram muitos homens”.

“Mas não sou eu que vou apontá-las. Talvez eu vá fazer outros vídeos pra falar: ‘Sai daí, boba, para de fazer isso. Não descredibiliza o movimento de outra mulher. Ela tá passando pela mesma coisa que você já passou, por mais que você não enxergue, se você olhar direitinho tá todo mundo ali muito pertinho, sendo apontada, sendo julgada, sendo objetificada, sendo diminuída'”, adicionou.

Apesar disso, a atriz não deixa de se cuidar e revela que frequenta a academia há 20 anos por ser um gosto pessoal seu. “Não vou deixar de fazer nada, não é sobre isso. O que a gente está falando aqui é sobre liberdade! Liberdade de ter o corpo que eu quiser, de sair do jeito que eu quiser. Se eu puder estar no Carnaval, mas sem ter tanta preocupação, eu vou estar mais feliz”, concluiu.

Mais lidas

plugins premium WordPress