Procurar
Close this search box.
Ivete Sangalo (imagem: YouTube)
Ivete Sangalo (imagem: YouTube)

Deu ruim!

Ivete Sangalo é processada após confusão no Carnaval de Salvador: ‘Risco grave de morte’

Indenização de R$ 52,9 mil é cobrada na justiça contra a cantora

A cantora Ivete Sangalo enfrenta uma “ação de indenização por danos morais e materiais”, aberta em 21 de março deste ano. A autora do processo alega que, durante o bloco de carnaval de Ivete, ela e sua esposa foram “esmagadas”. Supostamente elas estavam entre as grades de apoio, resultando em ataques de pânico e sufocamento.

Segundo informações do Metrópoles, no dia 10 de fevereiro, a mulher e sua esposa foram ao Farol da Barra, em Salvador, para participar do Bloco Coruja. O bloco, programado para sair às 16h45, em seguida sofreu um atraso de mais de três horas, provocando uma grande concentração de foliões.

A autora relatou que, após quase três horas de espera, foi anunciado que o bloco finalmente se preparava para sair. Dessa forma, os foliões se aproximaram do carro de apoio de Ivete Sangalo. No entanto, Ivete anunciou novamente outros problemas técnicos, permitindo que o bloco de Leo Santana passasse à frente. A situação se deteriorou com a movimentação dos carros, criando um cenário de pânico entre os presentes.

Segundo os autos, a mulher detalha que uma adolescente desmaiou e foi pisoteada. A autora e sua esposa, em pânico, foram novamente esmagadas entre a corda e o carro de apoio, sofrendo agressões físicas, incluindo cotoveladas de um dos cordeiros.

A autora sustentou que a produção do evento falhou em conter a multidão, permitindo que pessoas sem abadá invadissem o espaço reservado. Ela também afirmou que outros foliões foram agredidos pelos cordeiros.

Valor da indenização

Os custos dos ingressos e abadás, somados às despesas com hospedagem e transporte, totalizaram R$ 2,4 mil. Esse valor a autora busca reembolsar, além de R$ 50 mil por danos morais. O total da indenização reclamada é de R$ 52,9 mil.

Até o momento, Ivete Sangalo e a empresa Pau D’arco Produções e Eventos Ltda. não apresentaram defesa no processo. O processo está tramitando no Juizado Especial Cível da Comarca de Niterói, Rio de Janeiro.

Mais lidas

plugins premium WordPress