Procurar
Close this search box.
Alice Wegmann (Foto Instagram)

Alice Wegmann (Foto Instagram)

Famosos

Alice Wegmann revela o que pensa sobre influencers na TV: ‘Formar em Instagram’

Atriz abre o jogo sobre o que pensa de famosos da internet ocupando espaço dos atores

Na última terça-feira (09), a atriz Alice Wegmann resolveu desabafar após as declarações de Armando Babaioff a respeito da quantidade de influenciadores digitais ocupando o espaço de artistas na TV. A atriz aproveitou para complementar a fala do colega de profissão.

Ao selecionar e publicar fotos de alguns dos seus trabalhos na televisão, Alice lamentou que hoje em dia os atores precisem também se destacar como influenciadores para que tenham mais chances de seguir na profissão e conseguir trabalhos. “Sou uma atriz. Depois de ser um ser humano, uma cidadã, uma mulher, sou uma atriz”, começou ela.

VÍDEO: ZILU REBATE ZEZÉ DI CAMARGO SOBRE SÓ TER SE CASADO PORQUE ENGRAVIDOU: ‘PENA’

“Inspirada pelo discurso do Armando Babaioff que postei nos stories, quero falar sobre o nosso futuro. Somos uma geração que tem que se formar em medicina e instagram. em psicologia e instagram. em atuação e instagram. Eu fiz 4 anos de teatro e tenho 17 anos de profissão, já aprendi sobre Shakespeare mas nunca me ensinaram a ser uma ‘it girl’. Eu amo moda. E amo influenciar vocês a lerem mais livros, verem mais peças, ouvirem mais músicas. Eu continuo compartilhando o que gosto todos os dias, mas de uns tempos pra cá tá todo mundo tão preocupado”, completou.

Em seguida, a atriz relatou uma situação que passou nas redes sociais: “Esse é um post de conforto, porque eu acredito que a arte resiste à todas as crises, às guerras e pandemias. E vai resistir à epidemia da internet. Uma marca recentemente me procurou porque disse que ‘meu feed era bonito’, mas sequer sabia o que uma atriz representa pro seu país. Carreira se constrói a longo prazo, bons atores são aqueles que permanecem”, contou.

Por fim, Alice concluiu: “Ainda tô entendendo como conciliar a minha verdadeira profissão e essa segunda profissão que o mundo me obrigou a ter. E esse é um relato sincero de quem fica meio perdida às vezes. (…) Recentemente ouvi Claudia Abreu, ouvi Denise Fraga, ouvi Marieta Severo, ouvi Zezé Mota e ouvi Fernanda Montenegro. Então entendi, com mais força: Sou atriz. é isso o que sou. o resto de mim ainda é silêncio”.

Mais lidas

plugins premium WordPress