Procurar
Close this search box.
(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Auto

Saiba mais!

Top 5: Conheça as melhores cidades para se ter carro elétrico no Brasil

Carros elétricos são o futuro. Mas as cidades estão preparadas para eles?

Em 2023, as vendas de carros elétricos no Brasil atingiram um marco significativo, registrando um aumento de 91% em relação ao ano anterior, conforme relatado pela Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). Esse crescimento expressivo das vendas tornou-se um indicador crucial para impulsionar os investimentos das cidades brasileiras em infraestrutura adequada para veículos elétricos.

Embora as vendas de carros elétricos estejam em ascensão, nem todas as cidades têm a capacidade imediata de receber esses veículos. Desafios como a infraestrutura de recarga e a acessibilidade econômica ainda precisam ser superados. O panorama aponta para uma mudança substancial na matriz de transporte, com implicações profundas no desenvolvimento urbano e na sustentabilidade ambiental.

Confira as 5 melhores cidades do Brasil para se ter um carro elétrico:

  • São Paulo (SP)

São Paulo se destaca como uma das melhores cidades para carros elétricos no Brasil, liderando com 23.772 veículos. Com uma infraestrutura em expansão, a cidade registrou 15.648 vendas em 2023. A rede de abastecimento inclui 110 pontos de carregamento, com destaque para um centro de recarga na Av. Paulista, inaugurado em setembro de 2023, oferecendo 11 pontos, incluindo 3 ultrarrápidos. As rodovias, como a Via Dutra (BR-116), também têm pontos de recarga, somando 15 ao longo das concessões. O primeiro posto totalmente elétrico do Brasil está localizado no bairro Jardim Anália Franco, inaugurado no final de 2022.

  • Brasília (DF)

Brasília, ocupando o segundo lugar no ranking nacional de vendas de carros elétricos, está intensificando seus investimentos em infraestrutura para atender à crescente demanda. Em 2023, foram vendidos 6.401 veículos elétricos na cidade, que já possui pontos de recarga em estacionamentos públicos, centros comerciais e áreas residenciais, incluindo estações individuais em garagens de apartamentos. A montadora chinesa BYD está construindo um eletroposto próximo ao Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek. O projeto VEM DF, iniciado em 2019, disponibilizou veículos elétricos e eletropostos para servidores do GDF pré-cadastrados, com planos de reativar postos públicos de recarga instalados em prédios públicos do DF em 2019. Até setembro de 2023, o Detran-DF registrou 3.179 veículos elétricos e híbridos, representando um aumento de 45% em relação a 2022.

  • Rio de Janeiro (RJ)

O Rio de Janeiro se destaca por sua sólida infraestrutura para carros elétricos, oferecendo pontos de recarga ultrarrápida e rápida em locais estratégicos, como estacionamentos, shoppings e postos de combustível. A cidade também dispõe de uma rede pública de estações de carregamento, com a recente aprovação pela Câmara Municipal de um projeto de lei que torna obrigatória a instalação de pontos de recarga em novos edifícios.

Com 4.335 carros elétricos vendidos em 2023, o Rio de Janeiro figura como a terceira cidade com mais vendas desses modelos. Atualmente, conta com 49 pontos de carregamento, incluindo a inauguração da primeira estação de carregamento rápida da Volvo em maio de 2023 e a adição do Charge point Eneco em setembro do mesmo ano.

Além disso, a Prefeitura está implantando uma rede piloto de oito postos de carregamento ultrarrápidos em diferentes bairros, enquanto a Via Dutra (BR-116) oferece dez pontos de carregamento ao longo da rodovia que liga o Rio a São Paulo. Essas iniciativas visam atender tanto os residentes locais quanto os turistas, promovendo a mobilidade elétrica na cidade e região.

  • Belo Horizonte (MG)

No ano passado, Belo Horizonte vendeu 3.689 carros elétricos, destacando-se como uma cidade com crescente interesse em veículos sustentáveis. A capital mineira possui uma sólida infraestrutura de recarga, incluindo o Euroville e três eletropostos públicos da Cemig SIM, localizados em pontos estratégicos como o Mercado Central. Adicionalmente, a cidade conta com sete eletropostos da Volvo, incluindo um no corredor entre São Paulo e Belo Horizonte.

Uma parceria entre Raízen Power e BYD promete expandir a mobilidade elétrica com a construção de hubs de recarga Shell Recharge em oito capitais nos próximos três anos. Com 11 pontos de carregamento, Belo Horizonte oferece 10 vagas gratuitas em shoppings e dois na rede Assaí Atacadista, ampliando as opções de recarga para proprietários de carros elétricos.

  • Campinas (SP)

Campinas se destaca como a primeira cidade não capital a figurar entre as principais em vendas de carros elétricos no Brasil. No ano passado, registrou o sexto lugar, com 2.042 veículos vendidos. A cidade investiu em infraestrutura, incluindo quatro novas estações de recarga, um eletroposto inaugurado pela Tereos em dezembro de 2023, um eletroposto de carga rápida movido a energia solar e uma rede de 100 pontos de eletricidade pela CPFL Energia. Esses equipamentos permitem o carregamento rápido, abastecendo 80% da bateria em meia hora, inicialmente compatíveis com veículos das montadoras Renault, BYD e BMW.

Menção honrosa:

Santa Catarina também se destaca por investir em infraestrutura para carros elétricos, com uma das maiores rotas eletrificadas do Brasil, abrangendo mais de 1.500 quilômetros de estradas com estações de recarga semi rápidas e rápidas.

Um projeto liderado pela Celesc e o governo estadual prevê investimentos de R$ 6 milhões para instalar 10 novas estações de recarga em todo o estado, em parceria com a Fundação CERTI. O Beiramar Shopping, em Florianópolis, possui o maior ponto de recarga do Sul do Brasil, atendendo cerca de mil carros por mês.

Apesar disso, a infraestrutura de recarga ainda é um desafio para os motoristas catarinenses interessados em carros elétricos. Com sede em Florianópolis, a startup Mobilis desenvolveu um veículo elétrico totalmente nacional, impulsionado por uma bateria de lítio.

Fonte: Olhar Digital

Mais lidas

plugins premium WordPress