Procurar
Close this search box.
Ratinho Junior fala sobre agronegócio e economia do Paraná (Foto: Jonathan Campos/AEN)
Ratinho Junior fala sobre agronegócio e economia do Paraná (Foto: Jonathan Campos/AEN)

Confira!

Governador do Paraná comenta relação entre o agronegócio e a economia do estado

Ratinho Junior exalta os últimos feitos do Paraná com ajuda do agronegócio


Durante sua participação no Show Rural Coopavel, evento que marca o início das feiras agropecuárias no Brasil e acontece em Cascavel (Oeste), o governador Carlos Massa Ratinho Junior destacou que os sucessivos recordes de produção e exportação do agronegócio têm impulsionado positivamente a economia do Paraná. Com a presença de 600 empresas expositoras, o evento é uma vitrine para as inovações e tecnologias voltadas ao setor.

No contexto econômico, o agronegócio foi o principal responsável pelo crescimento de 6,9% do Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná nos três primeiros trimestres de 2023. O Valor Adicionado Bruto (VAB) da agropecuária, que se diferencia do PIB por não incluir impostos, registrou um crescimento de 34,89%, impulsionado principalmente pela safra histórica de grãos.

Para completar, o Paraná destaca-se com 34 municípios que integram o clube do bilhão em Valor Bruto de Produção Agropecuária.

“Nenhuma outra região do Brasil e da América do Sul consegue produzir tanto por metro quadrado como o Paraná, em quantidade e variedade. E ainda industrializar toda essa produção e vender para mais de 150 países”, declarou Ratinho Junior.

Em 2023, a Portos do Paraná registrou um recorde histórico de movimentação, com mais de 60 milhões de toneladas exportadas pelo Porto de Paranaguá, marcando a primeira vez que atinge esse patamar.

Ele ainda exaltou eventos como o Show Rural, que contribuem para esse resultado positivo.  “Já tivemos, no ano passado, o Show Rural batendo todos os recordes no volume de negócios, venda de equipamentos e novas tecnologias. Isso tem ajudado muito a consolidar o Estado como o supermercado do mundo”, continuou.

O governo estadual está adotando várias medidas para impulsionar o crescimento do setor agrícola. Isso envolve fornecer melhores condições de financiamento, subsidiar a implementação de sistemas de energia sustentável, simplificar o processo de licenciamento ambiental e investir em infraestrutura, como estradas, portos e projetos ferroviários, como a Nova Ferroeste.

“O Paraná se consolidou por ser um ambiente tranquilo para se investir. Temos uma mão de obra qualificada e com vocação para o agro, além do planejamento de industrializar grande parte da nossa produção, como já tem sido feito pelas nossas cooperativas e agroindústrias”, explicou Ratinho Junior. “O Estado também será a Central Logística da América do Sul, com um porto cada vez mais moderno e ágil e agora com as concessões das nossas rodovias começando a funcionar”.

Norberto Ortigara, secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, destacou que o evento é crucial para ajustar as perspectivas do agronegócio tanto no Paraná quanto no Brasil.

“O Show Rural tem a missão de mostrar ao nosso agricultor as inovações do setor, que é o negócio da economia do Paraná”, disse. “Tanto quanto possível, estamos aperfeiçoando as nossas políticas para esse setor tão dinâmico, tão eficiente e sustentável, para que o Paraná continue tendo a melhor agricultura do Brasil”, finalizou.

* Informações da Agência Estadual de Notícias (AEN)

Mais lidas

plugins premium WordPress